HEADPHONES: bairro

11 07 2007

isto é o bairro…

Bairro by Expeão

Anúncios




HEADPHONES: commited to life

11 06 2007

I’ll be honest with you
I hate war in all it’s forms –
Physical, psychological, spiritual…. emotional… environmental
I hate war…
And I hate having to struggle – I honestly do
Because I wish I had been born into a world when this is not necessary
This context of struggle and being a warrior and being a struggler
Has been forced on me by opression
Otherwise I would have been a sculptor or a gardener
Carpenter – you know, I would be free to be so much more…
I guess being part of me or part of who I am, a part of what I do
Is being a warrior – a reluctant warrior, a reluctant struggler
But… I do it because I am committed to life
We can’t avoid it. We can’t run away from it
Because to do that is to be subservient… to devils
Subservient to evil and so that the only way to live on this planet with any human dignity at the moment is to struggle
 

Commited To Life by Asian Dub Foundation

sugerida por K





SUGESTÃO COIMBRA: Encontro Internacional “Poesia e Violência”

13 05 2007

splash03.gif
43 poetas de 18 países no
VI Encontro Internacional de Poetas “Poesia e Violência”
Coimbra, 24 e 27 de Maio

“Pretende-se divulgar a poesia portuguesa e apresentar os poetas portugueses aos estrangeiros e, por outro lado, democratizar o cânone literário, com a introdução de jovens poetas e outros menos reconhecidos”, explicou à agência Lusa Graça Capinha, do Grupo de Estudos Anglo- Americanos da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, que organiza o evento.

Numa altura em que o mundo assiste a múltiplos conflitos – do Iraque ao Darfur (Sudão), passando pelo que opõe israelitas a palestinianos – e porque “os poetas não vivem fora da História”, Graça Capinha, um dos seis elementos que organizam o encontro, entende que “o tema faz todo o sentido”. “Basta estar atento ao que se faz na poesia de todo o mundo para se perceber que essas tensões e conflitos surgem reflectidos na obra poética de inúmeros autores”.

A edição deste ano apresenta nomes como o de Xiao Kaiyu, um dos maiores poetas chineses da actualidade, estando ainda representados Angola, Cuba, Espanha, Itália, Irlanda, Peru, Israel, Palestina, Reino Unido, Cabo Verde, Canadá, Finlândia, Brasil, Holanda, Itália, Rússia e Estados Unidos.